sábado, 10 de março de 2018

Meditação/Nadia Malta/SENHOR DEUS, TU O SABES SE ESSES OSSOS REVIVERÃO!


SENHOR DEUS, TU O SABES SE ESSES OSSOS REVIVERÃO!
                                                                                             
Então, me disse: Filho do homem, estes ossos são toda a casa de Israel. Eis que dizem: Os nossos ossos se secaram, e pereceu a nossa esperança; estamos de todo exterminados. Portanto, profetiza e dize-lhes: Assim diz o SENHOR Deus: Eis que abrirei a vossa sepultura, e vos farei sair dela, ó povo meu, e vos trarei à terra de Israel. Sabereis que eu sou o SENHOR, quando eu abrir a vossa sepultura e vos fizer sair dela, ó povo meu. Porei em vós o meu Espírito, e vivereis, e vos estabelecerei na vossa própria terra. Então, sabereis que eu, o SENHOR, disse isto e o fiz, diz o SENHOR”. Ezequiel 37.11-14.
                                                                                               

Sim, outra vez eis-me aqui visitando esse lugar que cheira a morte por todos os lados! Não seria essa uma incursão mórbida demais? Creio que não! Porque apesar de tudo ao redor desse Vale de ossos sequíssimos cheirar a morte e desolação é daqui que a vida irromperá da maneira mais profusa! Sempre que as coisas ficam muito difíceis vou visitar esse lugar que inspira a ter esperança mesmo quando tudo parece perdido e sem saída! Todo cristão precisa ser viciado na Esperança Viva e para isto, basta dar uma passada nesse lugar!

O povo de Deus do passado nos dias do Cativeiro de Babilônia havia perdido a esperança e se achava exterminado! E o Senhor levanta o profeta Ezequiel no momento mais dramático para que ele tivesse a real compreensão da situação. Ele o leva a um vale cheio de ossos humanos sequíssimos o faz andar ao redor! Depois O Senhor faz a grande pergunta retórica do texto: “Filho do homem, acaso, poderão reviver estes ossos”? E o profeta responde da maneira mais sábia: “SENHOR Deus, tu o sabes”. Quem em sã consciência poderia cogitar vida a partir daquilo tudo? Humanamente era impossível, por isso o profeta não ousou dar uma resposta afirmativa ou negativa. Ele colocou a resposta na boca de Deus! Façamos assim!

O Senhor mandou que o profeta profetizasse vida sobre aquele lugar completamente exterminado. Por meio do profeta o Senhor promete abrir a sepultura do seu povo e tirá-lo de lá. Não gostaria de falar sobre a questão literal do Cativeiro de Babilônia, mas sobre os inúmeros “cativeiros” que experimentamos vida a fora! Quantas situações que cheiram a morte em nosso meio! São enfermidades graves e irreversíveis tanto físicas, quanto emocionais. São relacionamentos partidos, sobretudo, pela morte do respeito, do zelo e da atenção. São perdas irreparáveis! São derrocadas financeiras que lançam suas vitimas à situação de penúria total! Tudo isso sem contar com aquelas situações devastadoras que agregam de uma só vez vários itens da lista citada. Até porque, não podemos esquecer que problema só anda aos bandos!

Voltemos para o Vale! O que vemos ali? À medida que o profeta em obediência ao Senhor profetizava, o grande mover de Deus começa a acontecer. Começou a se ouvir o barulho do mover de Deus. Era osso procurando osso. Eis que vieram os tendões, as carnes, a pele e por ultimo o espírito veio sobre aquele exército numeroso que se pôs de pé e enchia a superfície do Vale. E assim, o que estava morto reviveu! Assim, creio de todo o meu coração que relacionamentos podem ressuscitar! Que situações irremediáveis podem ter solução! Enfermidades graves e malignas podem ser revertidas. E tudo enfim pode ter solução, porque todas as possibilidades estão nas mãos do nosso Deus! Não percamos a esperança!  E que possamos dizer como o profeta: Senhor Deus tu sabes o que fazer nesta situação que tem nos assolado! Profetizemos sobre os nossos vales de ossos sequíssimos! Nadia Malta. http://ocolodopai.blogspot.com.br/

Um comentário:

Valdívia Anklan Bortolosso disse...

Irmã fiquei muito tempo sem entrar aqui volto agora ...linda explicação sobre ossos secos me trouxe esperança para minha família ore por nós

Você poderá gostar também de...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...