terça-feira, 21 de novembro de 2017

Meditação/Nadia Malta/HÁ RECOMPENSA PARA O SOFRIMENTO E AS LÁGRIMAS!

HÁ RECOMPENSA PARA O SOFRIMENTO E AS LÁGRIMAS!

Assim diz o Senhor: "Contenha o seu choro e as suas lágrimas, pois o seu sofrimento será recompensado", declara o Senhor. "Eles voltarão da terra do inimigo”. Jeremias 31.16.

                                                                                             


O Senhor fala à nação angustiada que teve seus filhos levados cativos para uma terra distante. As lágrimas e as orações não tinham sido em vão. O Senhor promete recompensar esse sofrimento trazendo esses filhos de volta. Embora, hoje não haja cativeiros à semelhança daqueles experimentados nos dias passados, há outros igualmente dolorosos ou até mais. Esses cativeiros têm suscitado muitas lágrimas em muitos pais e mães, sobretudo, os mais idosos! Converso com mães que murcharam repentinamente pela imposição do cativeiro das ausências de filhos ingratos.

Filhos que se deixaram levar ao “país” da indiferença, da vaidade pessoal, do pouco caso com as fragilidades desses pais idosos, ainda há o país da ganância que tem aprisionado a muitos! Há ainda o “país dos vícios” onde muitos estão exilados! Outro dia vi o título de um artigo que traduz bem esse sentimento de egoísmo vigente: “Os problemas de sua família não são seus”! Não? Como assim? Impossível não sofrer junto com os nossos queridos! Impossível não nos envolver emocionalmente! Impossível não tentar minimizar a dor dos que são nossos ou até chorar com eles!

A lei do Retorno é algo muito sério e ai dos que a infringem! Certamente pagarão um alto preço, especialmente quando o alvo dessa infração são pais e mães idosos fragilizados pelo peso dos anos. E no momento que mais necessitam esses filhos se ausentam ensimesmados! Dão de ombros, viram às costas! Nada pode causar feridas mais profundas do que a rejeição, o abandono. Esta semana encontrei o filho de uma amiga querida, já idosa. Ele me confessava o grau de insatisfação com o país, “só não vou embora por causa da minha mãe, não vou deixá-la sozinha!”. Achei a coisa mais linda! Com certeza ele será recompensado pelo seu zelo filial! Honrar esses pais é prerrogativa de vida longa e de prosperidade!

A promessa do versículo citado se cumpriu nos dias passados e se cumprirá nos na vida dos nossos pais e mães que tem chorado pelos seus filhos. Diz o Senhor: "Contenha o seu choro e as suas lágrimas, pois o seu sofrimento será recompensado", declara o Senhor. "Eles voltarão da terra do inimigo”. Sim, o Senhor nos manda conter a voz de choro, pois eles voltarão! Que o nome do Senhor seja para sempre glorificado e que até lá ele sustente esse exército de mães e pais chorosos em nome de Jesus! Como disse o líder espiritual à Mônica, mãe de santo Agostinho, por causa de suas lágrimas decorrentes da tristeza pela vida dissoluta do seu filho: “Aquiete seu coração e descanse, impossível que se perca o filho dessas lágrimas”! Coragem, Haverá recompensa para as nossas lágrimas! Nadia Malta. http://ocolodopai.blogspot.com.br/

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Meditação/Nadia Malta/A QUEM QUEREMOS SERVIR, AFINAL?

A QUEM QUEREMOS SERVIR, AFINAL?

Se, porém, não lhes agrada servir ao Senhor, escolham hoje a quem irão servir, se aos deuses que os seus antepassados serviram além do Eufrates, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra vocês estão vivendo. Mas, eu e a minha família serviremos ao Senhor". Josué 24.15.
                                                                                           


Josué se posiciona e leva o povo a se posicionar diante de Deus e a renovar sua aliança com o Senhor. Durante aquela dura travessia rumo à Terra Prometida, muitos declinaram de sua posição diante do Senhor e em sua rebelião sentiam saudades do Egito. E como diz certo autor, que pra variar não lembro o nome, eles se “egipcianizaram”, saíram do Egito, mas o Egito não saiu deles! E não tem sido essa a grande causa do fracasso espiritual de tantos ainda hoje? Não há posição mais perigosa do que viver na fronteira entre duas realidades ou dois mundos. E quanto se trata de questões espirituais, o perigo é ainda maior.

A igreja contemporânea tem sofrido as conseqüências de um “Cristianismo híbrido” que carrega em sua liturgia característica importadas de outros guetos espirituais. São poderes miraculosos transferidos para objetos como óleos, flores e ervas. E outras tantas práticas que não encontram respaldo na Santa Palavra de Deus. Jesus é o centro! E se a nossa fé não for cristocêntrica estaremos só engrossando as fileiras da religiosidade, não do verdadeiro Cristianismo. A nossa aliança e o nosso posicionamento precisam ser ratificados a cada dia para que o adversário não alcance vantagem sobre nós. E, diga-se de passagem, ele tem se aproveitado da situação e feito grandes estragos. Nos dias antigos, o longo cativeiro de 430 anos no Egito fez com que os israelitas se aculturassem se acostumando com a realidade vigente: moral e espiritual. Resultado: Uma saudade incurável de tudo que o Egito oferecia, até das cebolas e alhos.

A idolatria contaminou a maioria daquela geração, que acabou perecendo no deserto sem contemplar a terra que manava leite e mel. O apóstolo Paulo Exortando os romanos diz: “Não vos conformeis com o presente século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que possais conhecer qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus”! O apóstolo insiste aqui no inconformismo, com a inadequação aos costumes que nos cercam. Aquilo que pode ser considerado normal para o mundo, não é para nós! O padrão do mundo não nos serve. Antes contamina e aprisiona!

A Bíblia precisa voltar a ser para os crentes contemporâneos a única regra de fé e prática. Afinal, a quem queremos servir? Posicionemo-nos e renovemos a nossa aliança com o Eterno. Por que tanto fracasso na vida de muitos? Por causa dos ídolos entronizados secretamente nos corações! Agem como se o Senhor não os pudesse ver! Nada fica oculto aos olhos perscrutadores do nosso Soberano Deus! Voltemos ao Senhor! Posicionemo-nos especialmente em relação a nossa casa espiritual como templo vivo do Espírito Santo! Nadia Malta. http://ocolodopai.blogspot.com.br/

domingo, 19 de novembro de 2017

Meditação/Nadia Malta/NÃO TEMAMOS: ELE ESTÁ CONOSCO!

NÃO TEMAMOS: ELE ESTÁ CONOSCO!

Por isso não tema, pois estou com você; não tenha medo, pois sou o seu Deus. Eu o fortalecerei e o ajudarei; Eu o segurarei com a minha mão direita vitoriosa”. Isaías 41.10.

                                                                                             


As palavras ditas aqui pelo Senhor ao seu povo no passado ao enfrentar o duro cativeiro de Babilônia reverberam em nossos corações. E nada pode ser mais alentador que ouvir as palavras consoladoras do nosso Pai Celestial em meio às nossas agonias por causa dos inúmeros cativeiros que enfrentamos. O medo tem sido um verdugo algoz. Ele nos aprisiona e assombra de todas as maneiras, especialmente maximizando os problemas diante dos nossos olhos. Tendemos a sentir a sensação de fim da linha diante de cada dificuldade.

A sensação muitas vezes é de morte, de desmoronamento das nossas estruturas emocionais e físicas. Jamais suportaríamos se não fosse o socorro do céu a nos acudir! Imagino que o medo seja o nosso maior vilão, como instrumento do adversário! Há uma historieta que ilustra bem esse fato. Conta-se que houve um grande leilão no inferno. E ali havia muitas armas a serem leiloadas e diante de uma delas, o MEDO, tinha uma placa dizendo: ESTA NÃO ESTÁ À VENDA! Ao serem indagados porque a tal arma não estaria à venda um dos demônios ali saltou dizendo: Porque esta é a nossa arma mais letal contra os cristãos!

Claro, que essa é uma pequena ilustração apenas, mas encerra grande verdade. Não é à toa que se afirma que na Palavra de Deus há 366 vezes a expressão “Não temas”! Sempre acompanhada de um complemento consolador para a situação específica. O povo de Deus do passado estava sob o jugo de Babilônia longe dos seus queridos e de sua terra, e sem seus bens. A sensação de desamparo era indizível e o Senhor levanta seu profeta para levar as palavras consoladoras do versículo citado prometendo suscitar um libertador. Prometeu e cumpriu!

O Senhor afirma aos seus escolhidos que não deveriam temer, pois estaria com eles. Presença garantida. Que não deveriam temer, pois era o seu Deus. Ele fortaleceria e ajudaria seu povo amado. Força e socorro garantidos. O Senhor o sustentaria com a sua mão vitoriosa. Segurança e triunfo garantidos. Foi assim no passado e será assim hoje e sempre! Que o Senhor nos renove as forças e o ânimo agora e sempre! Nadia Malta. http://ocolodopai.blogspot.com.br/

Você poderá gostar também de...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...