segunda-feira, 1 de junho de 2015

Meditação/Nadia Malta/O VÉU FOI RASGADO PODEMOS ENTRAR NO SANTO DOS SANTOS!

O VÉU FOI RASGADO PODEMOS ENTRAR NO SANTO DOS SANTOS!          
              
Tendo, pois, irmãos, intrepidez para entrar no Santo dos Santos, pelo sangue de Jesus, pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou pelo véu, isto é, pela sua carne, e tendo grande sacerdote sobre a casa de Deus, aproximemo-nos, com sincero coração, em plena certeza de fé, tendo o coração purificado de má consciência e lavado o corpo com água pura. Guardemos firme a confissão da esperança, sem vacilar, pois quem fez a promessa é fiel”. Hb 10.19-23.

                                                


Por meio do Cristo temos livre acesso à presença de Deus e liberdade para pleitear as nossas causas diretamente com o Senhor em sua presença. O texto citado fala desse nosso privilégio como crentes da Nova Aliança. Podemos entrar no Santo dos Santos e nos dirigir direta e pessoalmente ao Senhor. O Santo dos Santos é o lugar da oração e da intima comunhão. Esse privilégio foi conquistado por Jesus na cruz do Calvário. Os cristãos hebreus a quem foi dirigida esta epístola, eram inclinados a observar um complexo ritual para se dirigirem a Deus. De certa maneira eles ainda tinham um ranço dos velhos rituais da Antiga Aliança e queriam infiltrá-los no Novo Caminho. As velhas práticas da Lei não cabem no novo Caminho, ou seja, “os velhos rituais da lei são incompatíveis com a liberdade da graça”.  Vinho novo deve ser colocado em odres novos, se colocado em odres velhos pode ser desastroso.
Nenhum adorador sob a Antiga Aliança teria ousadia para entrar no Santo dos Santos do Tabernáculo. Até mesmo o Sumo Sacerdote só podia entrar uma vez por ano e assim mesmo com uma corda na cintura e guizos (espécie de campainhas) nas vestes, pois se algo lhe acontecesse lá dentro, ninguém poderia ir tirá-lo, ele tinha que ser puxado pela corda para fora do Lugar Santíssimo. Havia um véu espesso que separava o santuário do Santo dos Santos. Aquele véu simbolizava a separação entre o povo e Deus. Somente pela morte de Cristo é que esse véu foi rasgado de alto a baixo, abrindo acesso do crente a Santa Habitação de Deus. Jesus é a Porta de acesso ao lugar. Por meio dele podemos sim pleitear com ousadia as nossas próprias causas junto ao Trono da Graça.
O adorador da Antiga Aliança entrava na presença de Deus representativamente por intermédio de um Sumo sacerdote humano. O adorador da Nova Aliança entra na presença de Deus através de Jesus Cristo o Novo e Vivo Caminho. Jesus Cristo é o Sumo Sacerdote Celestial que abriu acesso à presença do Deus Altíssimo através do seu próprio sangue derramado de uma vez por todas, para justificação de todo aquele que Nele crê. As palavras-chave desta epístola são esperança e perseverança. Esperança na segunda vinda de Cristo e perseverança no Caminho. O próprio Jesus Cristo em nós é a esperança da glória. O Senhor Jesus Cristo já nos abriu acesso à presença de Deus. Que possamos entrar com ousadia no Santo dos Santos, confiando no que Jesus já conquistou para nós e pleitear as nossas causas. Aproximemo-nos e preparemo-nos para ali adentrar com o coração sincero, com plena certeza de fé, com o coração purificado e o corpo limpo das velhas práticas malignas. Guardemos firmes a confissão da esperança da Segunda Vinda de Cristo porque quem fez a promessa é fiel.Nadia Malta. http://ocolodopai.blogspot.com.br/



Um comentário:

ALEXANDRE PILOTO AGRÍCOLA disse...

Àmen. Assim seja! Linda matéria.

Você poderá gostar também de...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...