quinta-feira, 22 de maio de 2014

Esboço/Sermão/Pra. Nadia Malta/O DESAFIO DE PERMANECER FIRME NO SENHOR!

O DESAFIO DE PERMANECER FIRME NO SENHOR!
  Sl. 125


Objetivo: Estimular a igreja a exercitar uma permanência firme no Senhor, apesar dos percalços da vida!

Ideia Central do Texto:
Este salmo tem uma autoria desconhecida, mas certamente foi escrito por alguém que confiava em Deus de forma irrestrita.

É provável que tenha sido escrito no tempo de Esdras e Neemias, logo após o cativeiro babilônico.

A sua ideia central é chamar os fiéis a permanecia em Deus, a exercitarem uma confiança inabalável. Aqui descobrimos que fé eficaz é aquela que nos leva a confiar incondicionalmente. A Palavra chave aqui é PERMANECER.

 Introdução:

Temos ouvido falar a respeito da fé e sua eficácia em nossas vidas, porque sem fé é impossível agradar a Deus”. Descobrimos na Palavra de Deus que se a nossa fé for do minúsculo tamanho de um grão de mostarda, seremos capazes de mover os montes que têm obstaculado as nossas vitórias. Que fé é essa? Somos chamados a confiar no Senhor. E essa confiança faz derreter os medos que nos paralisam. Descobrimos que confiança é fé em ação turbinada pela Esperança Viva, que é o Próprio Jesus, o Cristo de Deus.

E não podemos perder de vista as astúcias do nosso adversário, pois um de seus principais objetivos é minar a nossa confiança em Deus e em suas mui grandes e preciosas promessas. Para tal ele levanta fortalezas de dúvidas, preocupações e inquietações em nossos corações, essas fortalezas geram enfermidades e há muitos doentes no meio do povo de Deus. O nosso desafio? PERMANECER em Deus!

SE QUISERMOS PERMANECER EM DEUS PRECISAMOS CONFIAR NELE. QUAIS OS EFEITOS DESSA CONFIANÇA NO CORAÇÃO DAQUELES QUE VERDADEIRAMENTE A PRATICAM?

1.     A Confiança mantém o Cristão firmado em Deus – VS. 1,2: “Os que confiam no Senhor são como o monte Sião, que não se pode abalar, mas permanece para sempre. Como os montes cercam Jerusalém, assim o Senhor protege o seu povo, desde agora e para sempre”.
2.     A Confiança mantém o Cristão em obediência – v.3: “O cetro dos ímpios não prevalecerá sobre a terra dada aos justos, se assim fosse, até os justos praticariam a injustiça”. 
3.     A Confiança mantém o Cristão em oração – v.4: “Senhor, trata com bondade aos que fazem o bem, aos que têm coração íntegro”.
4.     A verdadeira Confiança mantém viva a Esperança do Cristão– v.5: “Mas aos que se desviam por caminhos tortuosos, o Senhor dará o castigo dos malfeitores. Haja paz em Israel!
CONCLUSÃO: O que aprendemos aqui?
  1. A Confiança em Cristo não é apenas salvífica, ela deve ser manifesta também para vitória.
  2. A confiança em Cristo nos mantém firmados nele.
  3. A confiança nos mantém em obediência.
  4. A confiança nos mantém em oração.
  5.  A confiança mantém viva a nossa esperança.
  6. Finalmente, fomos chamados para confiar em Deus de forma incondicional e para isto precisamos conhecê-Lo e nos relacionar com Ele através da pessoa de Jesus Cristo. A confiança é a chave da permanência em Deus.
Aleluia, Amém!
Sermão/Pra. Nadia Malta em 21.05.14 –  www.ocolodopai.blogspot.com


Este material pode ser reproduzido para fins de evangelismo e edificação, desde que seja mencionada a fonte, e a Fonte é o Espírito Santo de Deus. 

Nenhum comentário:

Você poderá gostar também de...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...