sexta-feira, 24 de julho de 2015

Meditação/Nadia Malta/BOA SEMENTE, BOA TERRA! COLHEITA CERTA!

BOA SEMENTE, BOA TERRA! COLHEITA CERTA!

 “A que caiu em boa terra são os que, tendo ouvido de bom e reto coração, retêm a palavra; estes frutificam com perseverança” Lc. 8.15

                                                                   


Estejamos atentos quanto à necessidade de preparação do solo do coração para receber a semente da Palavra de Deus tanto para a salvação quanto para a vitória.
O texto citado é o ultimo versículo da explicação da parábola do semeador. Nessa parábola o coração humano é comparado a quatro tipos de solos nos quais a semente da Palavra de Deus é lançada. Embora falasse às multidões por parábola, tudo Jesus explicava particularmente aos seus discípulos. Aqui o coração é comparado a quatro tipos de solos: a beira do caminho (a semente lançada ali é arrebatada pelo diabo para que não creiam e sejam salvos); sobre a pedra (a palavra aqui é recebida com alegria, mas como não tem raiz, na hora da provação se desviam); entre os espinhos (a semente aqui é sufocada pelos cuidados, deleites e riquezas desta vida); e enfim a boa terra (aqui a palavra é recebida de bom e reto coração e retida frutifica com perseverança).

É exatamente sobre essa boa terra que gostaria de chamar a atenção. Não há nada de errado com a semente, o problema é o tipo de solo no qual ela é lançada. Reflitamos: que tipo de solo é o nosso coração? É tempo de avivamento, de mudanças. Contudo, para que essas mudanças aconteçam na igreja, elas precisam começar em cada um de nós. A boa semente da Palavra reveladora de Deus tem sido semeada abundantemente. Dependendo do tipo de solo, ela produzirá uma grande colheita para a glória do nosso Deus. A boa terra não produz apenas para salvação, mas para a vitória.

A Bíblia nos revela que o Senhor repartiu uma medida de fé para cada um de nós. Partindo deste princípio, todos têm fé, mas será que a fé de cada um produz do mesmo jeito? A resposta é um sonoro NÃO. Por quê? Por causa da natureza do solo onde ela está plantada.  Em Atos tem um relato da cura de um homem feita pelo poder de Deus, através da instrumentalidade  do apóstolo Paulo. Diz o texto: “porque viu que tinha fé para ser curado”. O próprio Jesus não pode fazer muitos milagres em Nazaré por causa da incredulidade dos seus parentes.


Não há nada de errado com a Santa Semente, o problema é o solo onde ela é semeada. A semente precisa ser recebida de bom e reto coração. Apenas escutar não transforma ninguém. É precisão levar a sério a Palavra de Deus. Alem de receber a semente da Palavra de Deus, precisamos retê-la, acolhê-la. Não permitir que ela seja roubada de nós. Só assim teremos uma colheita jubilosa para a glória de Deus. Que tipo de solo é o nosso coração? Nadia Malta. http://ocolodopai.blogspot.com.br/

Você poderá gostar também de...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...